Novidades

Crítica| Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros

Embora não seja um reboot ou remake do filme dirigido por Steven Spielberg em 1993, Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros poderia muito bem ser vendido como tal. As semelhanças são muitas, mas não se trata de uma cópia do original. É um filme pipoca bem feito, com efeitos especiais de primeira e muito divertido. Dirigido por Colin Trevorrow, o longa estreia hoje nos cinemas brasileiros e tem tudo para ser uma das maiores bilheterias do ano.

O parque, enfim, foi inaugurado e parece um dos temáticos da Disney World, com direito ao seu próprio “Sea World” com um dinossauro marinho (o Mosassauro) no papel da baleia orca e diversas atrações para crianças. Existe até uma “fazendinha” para os pequenos montarem nos filhotes de dinossauros. Mas, como toda atração desse tipo, ela precisa de novidades e como não existem mais espécies para nascer, os cientistas de Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros resolvem criar uma nova criatura, um ser híbrido, que mescla o dna do T-Rex com outros animais.

Assim nasce Indominus Rex, uma máquina de matar, altamente inteligente e com uma ferocidade incontrolável. E justamente no dia que os sobrinhos Zach (Nick Robinson) e Gray (Ty Simpkins) vão visitar o parque administrado pela tia Claire (Bryce Dallas Howard), o bicho resolve fugir e aterrorizar os visitantes. Para salvar os meninos, ela contará com a ajuda do ‘domador’ Owen (Chris Pratt).

Além do casal de protagonistas e das crianças em perigo, outros personagens de Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros lembram os dos filmes anteriores, como Simon Masrani (Irrfan Khan), a versão mais ambiciosa do velhinho John Hammond; Hoskins (Vincent D’Onofrio), o militar inescrupuloso da InGen e o retorno do Dr. Henry Wu (BD Wong), um dos geneticistas responsáveis pela volta dos dinossauros.

Os efeitos especiais são incríveis. Claro que ele não causa o mesmo impacto feito pelo filme original de Spielberg em 1993, mas passados 22 anos e com o avanço da tecnologia, era de se esperar algo mais realista. E é exatamente isso que o espectador encontra no longa. Tudo funciona muito bem e os bichos parecem reais.

Meio que deixado de lado, o T-Rex tem uma participação bem especial em Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros. Aliás, os novos dinossauros são bacanas, mas nenhum chega aos pés do Tiranossauro, que continua sendo o responsável por uma das melhores entradas da história do cinema.

Se você gosta de um filme de aventura, com boa dose de ação e humor e efeitos visuais de primeira, Jurassic World é um prato cheio. Pode comprar seu balde de pipoca e refrigerante. A diversão é garantida.

Fabio Martins on twitterFabio Martins on linkedinFabio Martins on instagramFabio Martins on googleFabio Martins on facebookFabio Martins on email2
Fabio Martins
Santista de nascimento, flamenguista de coração, paulistano por opção. Ama vídeo game, cinema, séries, música, nerdices e cultura pop em geral.
About Fabio Martins (392 Articles)
Santista de nascimento, flamenguista de coração, paulistano por opção. Ama vídeo game, cinema, séries, música, nerdices e cultura pop em geral.
  • Pingback: Crítica| O Exterminador do Futuro 5: Gênesis | Dimensão Geek()

  • MARLON

    DUVIDO QUE O INDOMINUS REX MORREU. CONCERTEZA ELE MATOU O MOSASSAURO. ELES NÃO IRIAM DAR TANTO ENFASE PARA O INDOMINUS, E DEPOIS MATAR ELE DO NADA. E OUTRA ELES NÃO IRIAM REPETIR A MESMA HISTÓRIA DOS FILMES ANTERIORES COM ENFASE NO T REX SENDO O PRINCIPAL, APESAR QUE NO 3 ERA O SPINOSSAUROS. PODIA TER UM ENCONTRO DO SPINOSSAUROS COM O INDOMINUS. E OUTRA, COMO O INDOMINUS É FÊMEA, ELA VAI CRUZAR COM QUEM? T REX É ÓBVIO. DAI VAI SAIR MAIS NOVOS TIPOS DE CARNÍVOROS. SEM FALAR QUE DEVE TER OUTROS COMO O INDOMINUS POR AI.

    • dimensaogeek

      Boa teoria, Marlon. Como teremos continuações do filme, essa teoria é possível sim. Espero que o próximo siga esse caminho e que apareçam mais Indominus. Acho que não vimos todo o poder de destruição que ele tem.

      • MARLON

        ISSO MESMO. SEGUNDO INFORMAÇÕES AI, ELES QUEREM FILMAR O PRÓXIMO LOGO.
        JÁ ESTÃO DESENVOLVENDO ELE. ACREDITO QUE A BILHETERIA ULTRAPASSE 1
        BILHÃO. JÁ É A MAIOR ESTRÉIA DA HISTÓRIA. VAMOS VER, ABRAÇO

        • dimensaogeek

          Olha, tb acho que vai passar de um bilhão viu… O filme veio com tudo e vai levar muita gente para o cinema.
          Abraços