Novidades

TV | Os dez melhores seriados já produzidos

Ninguém discute a qualidade das produções estadunidenses para a TV destinadas ao público adulto. HBO, Showtime, Netflix e outras produtoras vêm oferecendo um leque razoável de opções já há alguns anos. Baseados em critérios “técnicos” – como gosto pessoal e vagas lembranças – o colegiado de membros da Dimensão Geek selecionou dez dessas séries que revolucionaram a maneira de se fazer televisão. Para evitar maiores polêmicas, deixamos de fora seriados seminais, como a franquia Star Trek e outros clássicos, e nos concentramos em produções mais recentes, pertencentes ao mundo da TV à cabo ou à internet.

 

six feet

10 – Six Feet Under (A Sete Palmos)

 Criada pelo roteirista de “Beleza Americana” (1999), Six Feet Under (A Sete Palmos) teve seu episódio piloto exibido pela HBO em junho de 2001 e, após cinco temporadas, terminou em 21 de agosto de 2005. Segundo matéria da revista Rolling Stones, a série tinha por objetivo apresentar uma “meditação sobre vida, morte e os laços que unem (e estrangulam) a família dona da casa funerária Fisher & Sons”. No elenco, nomes conhecidos (ou que se tornaram conhecidos), como Peter Krause, Rachel Griffiths, Lauren Ambrose, Frances Conroy, Richard Jenkins, Freddy Rodríguez e Michael C. Hall. Um final satisfatório para fãs mais exigentes ajudou a consolidar o nome da série, gerando o boca a boca necessário para a renovação de audiência e longevidade do programa.

 

oz 2

9 – Oz

Criado e escrito por Tom Fontana e exibido originalmente entre 1997 e 2003, Oz seguia a vida dos presos da Oswald State Correctional Facility e as dificuldades de se sobreviver nesse ambiente. Um elenco de primeira ajudou a dar consistência ao seriado, tendo nomes como Edie Falco (The Sopranos Nurse Jackie) e Christopher Meloni (Lei e Ordem: SVU), entre outros.

Segundo matéria da Entertainment Weekly, Oz foi o primeiro drama de uma hora de duração apresentado pela HBO, assumindo riscos e abrindo caminho para que programas como Os Sopranos e Sex and The City pudessem existir. De relacionamentos homossexuais a nu frontal masculino, rompeu várias barreiras, além de apresentar grande diversidade no elenco.

 

UNITED STATES - DECEMBER 12:  TWIN PEAKS - Gallery - Season One - 12/12/89, Homecoming queen Laura Palmer is found dead, washed up on a riverbank wrapped in plastic sheeting. FBI Special Agent Dale Cooper (Kyle MacLaughlin) is called in to investigate the gruesome murder in the small Northwestern town of Twin Peaks. Sherilyn Fenn stars as Audrey Horne, the teenage daughter of a wealthy businessman. ,  (Photo by ABC Photo Archives/ABC via Getty Images)

8 – Twin Peaks

Criado por Mark Frost e David Lynch, Twin Peaks durou duas temporadas apenas, com 30 episódios apresentados entre 1990 e 1991. Sua linguagem pouco convencional conquistou respeito junto à crítica imediatamente, e virou objeto de culto para fãs em vários países. A audiência, no entanto, nunca chegou ao patamar desejado pela ABC, que acabou cancelando o programa.

Enquanto existiu, o seriado acompanhou as aventuras do agente do FBI  Dale Cooper (Kyle MacLachlan) que vai até a cidade de Twin Peaks investigar o assassinato de Laura Palmer. Mais do que uma moda, o seriado virou referência estética para o começo da década. Frost e Lynch escreveram todos os episódios que, posteriormente, foram dirigidos pelo segundo.

Em 1992, o filme “Twin Peaks: Fire Walk with Me” ajudou a completar a história, contando os últimos dias de Laura Palmer. Resgatado pela Showtime, o seriado está tendo novos episódios dirigidos pelo proprio Lynch que devem ser exibidos em 2017.

 

Treme_-_Saints

7 – Treme

Depois da passage do furacão Katrina, que destruiu New Orleans, os moradores tentam reconstruir suas casas e voltar às suas vidas, mas a especulação imobiliária é apenas uma das forças nefastas que precisam enfrentar nesse drama que não foi uma unanimidade entre críticos mas é aqui na Dimensão Geek.

Criada por David Simon (de shows como The Wire) e Eric Overmyer, durou 36 episódios apresentados em quatro temporadas, entre 2010 e 2013. É uma declaração de amor à cidade e ao caldo cultural único que representa, da culinária ao Mardi Gras. Como destaque especial, os números musicais que trazem vários músicos residentes ou relacionados ao lugar. John Goodman, Melissa Leo e Steve Zahn garantem a qualidade do elenco.

 

640_Mad_Men_Season_7_01

6 – Mad Men

Criada por Matthew Weiner e exibido pela AMC, Mad Men durou 92 episódios divididos em sete temporadas, entre 2007 e 2015. A série, que começa nos anos 60, acompanha os negócios do meio publicitário e as mudanças nas vidas de vários personagens, principalmente o executivo Don Draper.

Fenômeno pop mundial, Mad Men transformou em estrelas atores como Jon Hamm, Christina Hendricks, January Jones, Vincent Kartheiser e Elisabeth Moss, recebendo uma série de prêmios pelo caminho.

 

Rome HBO DVD Polly Walker Kerry Condon Kevin McKidd Ray Stevenson James Purefoy

5 – Roma

Filmada nos lendários estúdios Cinecittà, na Itália, Roma durou apenas duas temporadas, exibidas pela HBO e BBC2 entre 2005 e 2007, mas ganhou respeito da crítica e do público. A produção, dividida entre americanos, britânicos e italianos, foi criada por John Milius, William J. MacDonald e Bruno Heller.

Acompanhando a vida dos legionários romanos Lucius Vorenus (Kevin McKidd) e Titus Pullo (Ray Stevenson), o programa mostra a ascenssão e queda de Júlio César e, consequentemente, a passagem de roma de república para império.

Com alguma nudez e muito sangue, Roma traz ainda no elenco Ciarán Hinds (Júlio César), Polly Walker (Atia), James Purefoy (Marcoo Antônio) e Max Pirkis (o filho de Atia, Gaius Octavio).

 

NUP_111710_1900

4 – Battlestar Galactica

A tarefa mais difícil enfrentada pelos fãs de Galactica é convencer os amigos de que o seriado é uma das coisas mais espetaculares já produzidas para a tevê. Isso porque o gênero ficção científica sofre, na maioria das vezes, bastante preconceito. Como explicar que um programa com robôs, explosões no espaço e raças alienígenas pode ser interessante?

É certo que Galactica possui tudo isso, mas o foco do programa está no relacionamento humano e nas pequenas tragédias que vivemos em sociedade. A trama existe, muito boa por sinal, mas o interesse está nos personagens e suas falhas.

Refilmagem de um seriado de 1978, Galactica mantém a principal premissa e o nome de alguns personagens, mas subverte aquele universo infantil e o transforma em um inferno intergalático. Uma mini-série em 2003, deu início a um projeto maior que se desenvolveu por quatro temporadas, de 2004 a 2009 e se desdobrou em livros, web-séries, quadrinhos e filmes para TV, além de um spin-off, Caprica.

 

breaking bad

3 – Breaking Bad

Criada e produzida por Vince Gilligan e exibida pela AMC, Breaking Bad durou 62 episódios divididos em 5 temporadas, entre 2008 e 2013, e é uma das melhores séries já produzidas. A trama se inicia quando o professor de química Walter White (Bryan Cranston) é diagnosticado com câncer de pulmão terminal. Desamparado, busca no crime uma solução para os problemas financeiros da família. Seus conhecimentos de química o ajudam na produção de drogas e sua associação ao ex-aluno Jesse Pinkman (Aaron Paul) o levam a ascender na cadeia do tráfico local.

Quando chegou ao fim, era um dos programas mais assistidos em todo o mundo e, quando foi para os serviços de streaming, se transformou em um dos reis das maratonas.

 

 

Sopranos

2 – Os Sopranos

Tony Soprano  é um dos personagens mais queridos da história da televisão. Tony Soprano é um dos assassinos mais cruéis da história da televisão. Dessa maneira, passando longe do maniqueísmo, Os Sopranos nos fez compreender de vez que não existia mais lugar em nosso mundo para personagens bidimensionais. Toda uma mitologia foi criada ao redor de Tony e seus asseclas, mafiosos sem glamour algum. Grandes diálogos, grandes personagens e uma das melhores histórias já contadas na telinha.

Criada por David Chase, a série estreiou pela HBO em 1999 e durou seis temporadas, exibindo 86 episódios até 2007. Além de ganhar uma série de prêmios transformou seu elenco em estrelas, principalmente o protagonista James Gandolfini.

 

the-wire-hbo

1 – The Wire

Criada por David Simon, The Wire estabeleceu um novo patamar para as séries que viriam depois. Cada temporada foca em um problema da cidade de Baltimore, seja a esquina onde a droga é vendida, o porto por onde entra a droga, as crianças vítimas das drogas, a política pública à mercê dos interesses das drogas e a mídia à serviço das drogas. Mostrando viciados e traficantes como peixes pequenos, o seriado faz uma radiografia melancólica de uma cidade doente e sem esperanças.

Exibida entre 2002 e 2008, pela HBO, The Wire teve 60 episódios divididos em 5 temporadas. A escalação precisa de personagens “gente como a gente” ajudou a estabelecer um clima realista na trama. Vencedor de vários prêmios, a série sempre teve problemas com a audiência e, segundo Simon, seria cancelada hoje em dia. Isso porque é a melhor série de todos os tempos.

 

Menção honrosa

Band of Brothers (2001) e Pacífico (2010) são mini-séries e não entram na disputam, mas são trabalhos excepcionais. Se “roubarmos” para uma ser a segunda temporada…

 

Forte candidatas, mas ainda em andamento

Game of Thrones, Fargo, Orange is The New Black, House of Cards e The Americans não entram nessa lista porque o final da série é importante para qualquer ranking.

 

Quase, mas não rolou

Falando em finais, outras séries começaram bem mas não conseguiram manter a regularidade. Uma temporada apenas não faz verão, como provam True Detectives, American Horror Story, The Walking Dead e Dexter.

Deadwood não teve um final apropriado, embora um filme para concluir a trama esteja sempre em pauta. Lost, por destruir uma das premissas mais bacanas da história da tevê, fica de fora, lógico.

 

Aldo Gama
Aldo Gama é jornalista
About Aldo Gama (79 Articles)
Aldo Gama é jornalista