Novidades

Invocação do Mal 2| Crítica do filme

Terror é um gênero onde é muito difícil inovar. Mesmo assim, certos profissionais conseguem trazer alguns elementos que funcionam bem neste tipo de filme. James Wan é um deles. Em 2004 ele acertou a mão com Jogos Mortais (um ótimo thiller psicológico que depois foi banalizado por dezenas de copiadores baratos) e, principalmente, com Invocação do Mal, um longa que não vive de sustos baratos, com ótimo roteiro e truques na medida certa. Agora, com Invocação do Mal 2, ele repete a fórmula, mas não entrega uma cópia barata do antecessor e sim uma outra bela produção que vai agradar em cheio os fãs do gênero.

Assim como o filme anterior, Invocação do Mal 2 é baseado numa história real e conduzido por Ed Warren (Patrick Wilson) e Lorraine Warren (Vera Farmiga), o famoso casal de caçadores de demônios. Logo após uma experiência desagradável na famosa casa assombrada Amityville, a dupla resolve parar de fazer esse tipo de trabalho até ser chamada para resolver o caso “Poltergeist de Einfeld”, em Londres (Inglaterra).

Vale ressaltar que diferente de outros casos, onde as casas assombradas ficam no meio de um matagal e isoladas do mundo, dessa vez o cenário é uma casa de bairro (o já citado Einfeld), que fica no norte de Londres. A história se passa em 1977 e a família formada pela recém separada Peggy Hodgson (Frances O’Connor) e seus quatro filhos – Margareth (Lauren Esposito), Jhonny (Patrick McAuley), Billy (Benjamin Haigh) e Janet (Madison Wolfe) – sofrem com as dificuldades financeiras causadas pela alta taxa de desemprego no país durante o governo Thatcher. Para piorar, forças sobrenaturais começam a se manifestar na casa, atingindo principalmente a pequena Janet. Após paranormais locais tentarem, sem sucesso, resolver o caso. O casal Warren é chamado e apesar da ressalva de Lorraine, acabam aceitando esse novo desafio. Abaixo é possível ouvir os áudios originais da possessão de Janet.

São vários os acertos de Wan em Invocação do Mal 2. A reconstituição da Londres dos anos 70 é perfeita, o elenco é ótimo, o roteiro funciona muito bem e a direção é tão eficiente quanto o primeiro filme. Claro que por já estarmos vacinados, os sustos não são tão fortes quando no longa anterior e nem tem algo tão marcante como a famosa cena de batidas de palmas. Este é de certa maneira um pouco mais leve, com certas doses de humor e um clima romântico com o casal Warren. Mas tem uma freira que vai tirar o sono de muita gente e sustos bem colocados.

Ao contrário de muitas continuações picaretas, Invocação do Mal 2 não é um mero caça níquel. É um filme de qualidade, que tem ótima história, um elenco competente e a ótima direção de Wang que faz toda a diferença, colocando o longa num patamar muito acima das atuais produções de terror.

Invocação do Mal 2
Direção: James Wan
Roteiro: Carey Hayes, Chad Hayes e James Wan
Elenco: Abhi Sinha, Adrien Ryans, Alexa Najera, Frances O’Connor, Javier Botet, Jennifer Collins, Madison Wolfe, Maria Doyle Kennedy, Nancy DeMars, Patrick Wilson, Robin Atkin Downes, Shannon Kook, Simon Delaney, Simon McBurney, Sterling Jerins, Steve Coulter e Vera Farmiga.

Fabio Martins on twitterFabio Martins on linkedinFabio Martins on instagramFabio Martins on googleFabio Martins on facebookFabio Martins on email2
Fabio Martins
Santista de nascimento, flamenguista de coração, paulistano por opção. Ama vídeo game, cinema, séries, música, nerdices e cultura pop em geral.
About Fabio Martins (374 Articles)
Santista de nascimento, flamenguista de coração, paulistano por opção. Ama vídeo game, cinema, séries, música, nerdices e cultura pop em geral.