Game of Thrones S07E05 |Eastwatch

Uma das coisas mais legais em Game of Thrones é que a história é tão rica que não é necessário encher um episódio com cenas de batalha para que ele seja impactante. Claro que dificilmente um capítulo como Eastwatch – o quinto da sétima temporada – será considerado algo tão grandioso como The Spoils of War. Afinal de contas nunca vimos uma cena tão belíssima como aquele ataque maravilhoso de Drogon contra os Lannisters e seus aliados. Mas, até ontem, nunca tinha sido revelada uma informação tão importante – nem na série, nem nos livros ou nas teorias de fãs – que pode mudar bruscamente a questão sobre quem é, de fato e de direito, o verdadeiro herdeiro do Trono de Ferro. E isso numa cena despretensiosa, quase imperceptível.

Claro que não estamos falando do encontro e da inesperada submissão de Drogon a Jon Snow em Pedra do Dragão. A cena, que também foi um dos pontos altos de Eastwatch, surpreendeu o Rei do Norte e deixou a Nascida na Tormenta incrédula ao ver o seu “filho” mais forte, incontrolável e furioso se curvar e ficar completamente calmo perante ao bastardo. A cena, inclusive, coloca mais fogo na teoria de que Tyrion também seria filho do Rei Louco e não de Tywin Lannister e, portanto, também um Targaryen.

A pequena cena de Eastwatch que revela quem é o verdadeiro herdeiro do Trono de Ferro acontece durante um diálogo despretensioso entre Gilly e Sam. Ao folhear um dos livros cheio de curiosidades que ele trouxe da biblioteca da Cidadela, ela comenta que um Alto Septão anulou um casamento de Rhaegar e casou o Targaryen novamente, de maneira secreta, com outra mulher em Dorne. Como sabemos que Lyanna Stark deu a luz e morreu em Dorne, é claro que ela é a noiva secreta, o que faz de Jon um filho legítimo e não um bastardo. Senso assim, o Rei do Norte é o verdadeiro herdeiro do Trono de Ferro.

Mas as surpresas em Eastwatch não param por aí. As cenas devastadoras após o massacre sofrido pelo exército Lannister são impressionantes. Cinzas, restos de corpos e um exército destroçado fisicamente e psicologicamente compõe o ambiente. E em frente a ela, uma impiedosa Daenerys exigindo lealdade dos derrotados. E quem não dobrasse o joelho, teria que enfrentar a fúria de Drogon novamente. Randyll Tarly e seu filho Dickon se recusaram e viraram pó. Com isso, Sam volta a ser o herdeiro legítimo e, obviamente, será o senhor da Casa Tarly, após abandonar o desejo de se tornar um meistre.

Outro grande momento de Eastwatch foi o reencontro com Gendry, o bastardo de Robert Baratheon, que se aliou com Snow, unindo novamente suas casas e, principalmente de Tyrion e Jaime, que foi muito importante para a trama. Tenso do início ao fim, com cada um com motivos para se odiar e o anão tentando, de certa maneira, se redimir com o irmão e tentando achar uma solução final digno para os amantes gêmeos e um acordo de paz temporário para Daenerys enfrentar os Outros, junto com o povo do Norte. Aqui vimos outra cena despretensiosa que revela o quanto Cersei está no controle de tudo. Mesmo antes de Jaime falar para ela sobre a conversa que teve com o irmão, a rainha já sabia do encontro e que ele teria sido agendado por Bronn. E tudo isso foi soprado em seu ouvido pela sua mão Qyburn, provando mais uma vez que os passarinhos de Lorde Varys estão completamente em suas mãos e a serviço do reino. Outro destaque do núcleo de Porto Real é a revelação de sua nova gravidez. Isso, com certeza, vai fazer com que ela não desista tão fácil da Guerra dos Tronos. E de uma coisa não podemos duvidar. Cersei é capaz de surpreender todo mundo a qualquer momento.

No Norte finalmente Mindinho voltou a mostrar as garras. Mas dessa vez, acredito que ele tenha assinado sua sentença de morte. Era esperado que logo após a partida de Jon ele ia investir pesado para conquistar Sansa, mas a chegada de Bran e, principalmente, de Arya em Winterfell botou água no chope de Petyr Baelish. Apesar do capítulo dar a entender que ele enganou a caçula Stark, fazendo com que ela entrasse sorrateiramente em seu quarto e lesse a mensagem que a irmã mais velha mandou para Rob assim que seu pai foi considerado um traidor à coroa, é bem capaz que ele tenha caído num truque das lobas. Arya não é mais uma criança, Sansa não é mais inocente… Não seria nada difícil esperar que elas tenham bolado uma armadilha para Mindinho, deixando-o pensar que está no controle de tudo e no fim desmascará-lo. Não podemos esquecer de um outro detalhe: Bran consegue ver passado, presente e futuro e pode muito bem ter alertado suas irmãs.

Fazendo jus ao nome do episódio, a trama tinha que acabar em Atalaialeste (Eastwatch), o castelo que fica mais ao leste da Muralha e onde os Caminhantes Brancos apareceram pela primeira vez e onde Snow quer capturar um zumbi para mostrar para Cersei que as criaturas de fato são reais. Ao contrário do que se imaginou, o episódio não terminou com o duelo entre humanos e mortos-vivos. Mas serviu para mostrar a formação de uma espécie de “Esquadrão Suicida” formado por Jon Snow, o agora curado Jorah Mormont, Sor Davos Seaworth, Gendry Baratheon, Tormund Giantsbane e os membros da Irmandade Sem Bandeiras, Thoros de Mir, Beric Dondarrion e Sandor Clegane, vulgo Cão de Caça que partem em meio a nevasca para encontrar o exército do Rei da Noite.

Na próxima semana teremos o penúltimo capítulo da sétima temporada. É justamente neste episódio que temos uma batalha importante e impactante e a perda de um personagem principal. O difícil será segurar a ansiedade até lá. O fim, infelizmente, está cada vez mais próximo.

Fabio Martins on InstagramFabio Martins on Twitter
Fabio Martins
Santista de nascimento, flamenguista de coração e paulistano por opção. Fã de cinema, música, HQ, games e cultura pop.