Novidades

Novos filmes de terror para curtir na sexta-feira 13

Quando falamos de filmes de terror, clássicos como O Iluminado, O Exorcista, O Bebê de Rosemary, O Massacre da Serra Elétrica e Halloween estão presentes em qualquer lista que se preze para curtir a sexta-feira 13. Para fugir um pouco do óbvio, listamos os 10 melhores filmes do gênero produzidos nesta década. Pegue seu balde de pipoca, sua bebida, reúna uma galera e aproveite essas dicas abaixo.

10 – Invasão Zumbi (Train to Busan – 2017)
Um surto viral misterioso deixa a Coréia em estado de emergência. Como um vírus não identificado se alastra pelo país, o governo coreano declara lei marcial. Enquanto isso a população parte de trem para Busan, uma cidade que defendeu com sucesso o surto viral. Espécie de “Duro de Matar” em um trem cheio de zumbis, que se destaca entre tantos filmes de terror do gênero. Uma preciosidade.

9 – Corrente do Mal (It Folows, 2014)
A jovem Jay leva uma vida tranquila entre escola, paqueras e passeios no lago. Após uma transa casual, ela passa a ser atormentada por estranhas visões e sente estar sendo constantemente perseguida. Repleto de reviravoltas e muito pensativo, A Corrente do Mal é o tipo de história de horror impulsionada por dolorosas escolhas que os personagens devem fazer e conviver com elas.

8 – Invocação do Mal (The Conjuring, 2013)
Invocação do Mal conta o terrível episódio de como os investigadores paranormais mundialmente renomados Ed e Lorraine Warren foram chamados para ajudar uma família aterrorizada por uma presença obscura em uma fazenda isolada. Baseado em história real este é um dos filmes de terror mais importantes da década, que trouxe de volta o clima assustador e o ambiente pesado de filmes clássicos do gênero. Imperdível.

7 – Rua Cloverfield, 10 (10 Cloverfield Lane, 2016)
Uma jovem sofre um grave acidente de carro e acorda no bunker de um desconhecido. O homem que a atropelou diz que fez isso para salvá-la de ataque químico que deixou o mundo inabitável, motivo pelo qual eles devem permanecer em confinamento. Desconfiada da história, ela tenta descobrir um modo de se libertar — sob o risco de descobrir uma verdade muito mais perigosa do que seguir trancafiada naquele porão. Continuação de Cloverfield Monstro, o filme aposta numa pegada mais claustrofóbica, onde o ‘monstro’ humano coloca mais medo do que o monstro vindo do espaço. Tão bom quanto o primeiro.

6 – Fragmentado (Split, 2016)
Três adolescentes são sequestradas e presas em um cativeiro por “Dennis”, uma das 23 personalidades presentes na mente de Kevin Wendell Crumb, que consegue alterná-las quimicamente em seu organismo apenas com a força do pensamento. Vivendo em cativeiro, as garotas passam a conhecer as diferentes facetas de Kevin e precisam encontrar algum meio de escapar antes dele liberar o Monstro. Continuação do brilhante Corpo Fechado, esse novo clássico dos filmes de terror trouxe de volta o diretor M. Night Shyamalan graças a seu ótimo roteiro e atuação fenomenal de James McAvoy. O último filme da trilogia, que leva o nome do vilão do primeiro longa (Glass) tem estreia prevista para janeiro de 2019.

5 – Um Lugar Silencioso (A Quiet Place, 2018)
Em uma fazenda nos Estados Unidos, uma família é perseguida por uma entidade fantasmagórica assustadora. Para se protegerem, eles devem permanecer em silêncio absoluto, a qualquer custo, pois a criatura é cega e consegue captar qualquer ruído sonoro com precisão. Praticamente sem falas e com um roteiro espetacular, o filme prende o espectador do início ao fim, conseguindo, inclusive, manter o cinema em silêncio absoluto. Coisa rara nos dias de hoje. A cena da banheira é de outro mundo. Coisa fina.

4 – O Lamento (The Wailing, 2016)
A chegada de um misterioso estranho em uma aldeia tranquila coincide com uma onda de assassinatos cruéis, causando pânico e desconfiança entre os moradores. Quando a filha do oficial de investigação Jong-Goo cai sob a mesma magia selvagem, ele chama um xamã para ajudar a encontrar o culpado. Essa preciosidade vinda da Coréia do Sul é um dos mais originais e alucinantes filme de fantasia e horror dos últimos tempos. Um deleite visual e um roteiro espetacular.

3 – Corra (Get Out, 2017)
A história acompanha um final de semana na vida de Chris, um jovem negro que visita a propriedade da família de sua namorada branca de classe média alta. A princípio, Chris vê o comportamento exageradamente hospitaleiro da família como uma tentativa desajeitada de lidar com a relação interracial da filha, mas, no decorrer do final de semana, uma série de descobertas perturbadoras o levam a uma verdade que ele nunca poderia imaginar. Vencedor do Oscar de Melhor Roteiro Original em 2018, o filme merece todo o reconhecimento recebido por sua sátira mordaz, performances maravilhosas e seu cinema visionário. Um dos melhores filmes de terror dessa nova safra, sem sombra de dúvidas.

2 – Hereditário (Hereditary, 2018)
Uma tragédia familiar se transforma em algo profundamente sinistro. Quando Ellen, a matriarca da família Graham, morre, sua filha e seus descendentes começam a descobrir enigmas e segredos cada vez mais aterrorizantes. Quanto mais eles descobrem, mais eles tentam escapar do terrível destino que parecem ter herdado. Com uma atuação extraordinária de Tony Collete, Hereditário pode, sem sombra de dúvidas, ser considerado um dos melhores filmes de terror de todos os tempos.

1 – A Bruxa (The Witch, 2015)
Situado na Nova Inglaterra, em 1630, o filme é narrado pela jovem Thomasin. Após a mudança de sua família para a nova casa por questões religiosas, coisas estranhas começam a acontecer: animais tornam-se malévolos, a plantação morre e uma criança desaparece aparentemente possuída por um espírito maligno. Desconfiados e paranoicos, os membros da família acusam a adolescente de praticar feitiçaria. Mais drama do que terror propriamente dito, A Bruxa tem um clima denso, pesado e angustiante que deixa o espectador desconfortável do início ao fim. O horror é apenas um pano de fundo para discutir questões mais importantes como religiosidade, feminismo e sexualidade. A Bruxa em si serve tanto como metáfora como para a feiticeira em si. Um dos melhores filmes de terror de todos os tempos e um dos melhores filmes da atualidade. Simplesmente extraordinário.

Fabio Martins on twitterFabio Martins on linkedinFabio Martins on instagramFabio Martins on googleFabio Martins on facebookFabio Martins on email2
Fabio Martins
Santista de nascimento, flamenguista de coração, paulistano por opção. Ama vídeo game, cinema, séries, música, nerdices e cultura pop em geral.
About Fabio Martins (433 Articles)
Santista de nascimento, flamenguista de coração, paulistano por opção. Ama vídeo game, cinema, séries, música, nerdices e cultura pop em geral.