Novidades

Sandman | Joseph Gordon-Levitt abandona adaptação

O ator e diretor  Joseph Gordon-Levitt anunciou via twitter seu desligamento da adaptação cinematográfica da série de quadrinhos Sandman, escrita pelo inglês Neil Gaiman. O motivo alegado foi, aparentemente, uma divergência criativa irreconciliável.(Pajiba)

Envolvido no projeto desde 2013, Levitt é fã confesso do universo de Sandman e seus irmãos, os Perpétuos. O fato de contar com a aprovação e apoio do próprio Gaiman era visto pelos admiradores do quadrinho como um selo de qualidade na adaptação. Seu desligamento do projeto, além de adiar a produção, aumenta as desconfianças quanto ao tipo de trabalho que irá ser desenvolvido. (The Guardian)

“Então, como vocês já sabem se acompanham esse tipo de coisa, algum tempo atrás, eu e David Goyer fizemos um acordo com a Warner Brothers para desenvolver uma adaptação cinematográfica do Sandman de Neil Gaiman. O próprio Neil embarcou como produtor executivo, nós contratamos o excelente roteirista Jack Thorne e começamos a tarefa ambiciosa de adaptar um dos mais amados e inventivos títulos do mundo dos quadrinhos. Eu estava feliz com o progresso que fazíamos, embora ainda houvesse um longo caminho a percorrer.

Recentemente, a posse (na falta de um termo melhor) do material de Sandman mudou de mãos quando a Warner Brothers transferiu o catálogo completo da Vertigo Comics (um selo da DC) para sua subsidiária New Line. Há alguns meses, eu percebi que a turma da New Line e eu não enxergamos da mesma maneira o que faz Sandman especial e como deveria ser adaptado. Então, infelizmente, eu decidi me retirar do projeto. Eu desejo nada além do melhor para o time que seguirá.

Eu gostaria de agradecer a todas as pessoas legais com as quais tive a oportunidade de trabalhar. Eu me diverti e aprendi muito com David e Jack. Niija Kuykendall, Greg Silverman e todos na Warner foram fantásticos, assim como Geoff Johns e todos na DC. E tem sido um imenso privilégio, além de pura diversão, conhecer o Sr. Gaiman, cujos insights generosos e trabalho de mestre me convenceram que o Senhor dos Sonhos e o Príncipe da Histórias são o mesmo diante dos Perpétuos.”

Untitled-2

O próprio Gaiman recorreu ao twitter para responder ao anúncio de Levitt e esclarecer outros pontos, ainda que não tenha confirmado se vai ou não seguir trabalhando na adaptação.

“Lembrando aos curiosos: eu não sou dono de Sandman. A DC é. Eu não escolho quem escreve o roteiro, o diretor, produtor ou elenco.

E para deixar claro, meu respeito por @hitRECordJoe (Levitt) permanece intocado. Conhecê-lo foi a melhor coisa deste último episódio. Ele é especial.”

“Profundo agradecimento, gentil senhor”, respondeu Gordon. “Eu sinceramente espero que encontremos outra maneira de colaborar mais cedo do que tarde.”

Gaiman, retuitou “torço muito por isso. Eu gostaria muito de trabalhar com @hitRECordJoe (Levitt) mais um pouco. Ele é esperto, honesto e muito legal”

Untitled-1

Deixando a rasgação de seda de lado, o que podemos concluir é que Levitt e Gaiman trabalhavam em uma adaptação mais fiel aos quadrinhos, o que possivelmente tornaria o filme mais sombrio e adulto. Para os novos produtores, esse caminho poderia diminuir as bilheterias. Mas isso tudo, claro, é especulação.

“Para mim”, concluiu Gaiman, “o que importa são as 2.500 páginas de Sandman e não um filme que pode ou não vir a acontecer”.

 

Aldo Gama
Aldo Gama é jornalista
About Aldo Gama (79 Articles)
Aldo Gama é jornalista