Novidades

Trumbo: Lista Negra| Crítica do Filme

Embora se passe nas décadas de 40 e 50, Trumbo: Lista Negra é um filme atual, principalmente no Brasil onde a política virou uma guerra de ódio e pessoas são defenestradas por causa de suas posições políticas. Nada que se compare ao sofrimento do personagem principal do longa, o roteirista Dalton Trumbo, que figurou durante muito tempo na Lista Negra dos Estados Unidos e foi impedido de trabalhar por ser membro do Partido Comunista.

Quem está familiarizado com o cinema dessas décadas vai apreciar mais a obra de Jay Roach, estrelada por Bryan Cranston, Diane Lane e Helen Mirren. Trumbo: Lista Negra retrata como os profissionais da indústria hollywoodiana do período lidavam com essa delicada questão, como alguns sofreram por não entregar os seus amigos comunistas para as autoridades americanas e como outros se orgulhavam em destruir a vida dos antigos colegas socialistas. Os principais “soldados” dessa perseguição terrível eram o astro John Wayne (David James Elliott) e atriz e colunista Hedda Hopper (Helen Mirren) que, não apenas se orgulhavam em denunciar os “traidores da pátria”, como obrigavam os estúdios a não contratar nenhum dos profissionais de esquerda.

Danton Trumbo (Bryan Cranston) foi um dos que mais sofreram com essa perseguição comunista. O roteirista se recusou a cooperar com o Comitê de Atividades Antiamericanas do congresso, foi preso por ficar em silêncio e proibido de trabalhar. Após a prisão, impedido de trabalhar, teve que criar pseudônimos e convidou os amigos que se encontravam na mesma situação para trabalharem as escondidas. Mesmo assim, venceu dois Oscars pelo roteiro de A Princesa e o Plebeu (entregue a Ian McLellan Hunter, que havia se oferecido a se tornar fachada para Trumbo) e Arenas Sangrentas (creditado a um dos pseudônimos do roteirista, Robert Rich).

Além do ótimo roteiro, Trumbo se destaca pelo seu elenco. Cranston, indicado ao Oscar de Melhor Ator, está ótimo como o protagonista e conta com as belas atuações de Mirren, Lane (que interpreta a sua esposa, Cleo), Michael Stuhlbarg (Edward G. Robinson), Louis C.K. (Arlen Hird), John Goodman (Frank King) e Elle Fanning (que interpreta a sua filha, Niki). Uma ótima pedida para os fãs de cinema e uma obrigação para os revoltados online.

Fabio Martins on twitterFabio Martins on linkedinFabio Martins on instagramFabio Martins on googleFabio Martins on facebookFabio Martins on email2
Fabio Martins
Santista de nascimento, flamenguista de coração, paulistano por opção. Ama vídeo game, cinema, séries, música, nerdices e cultura pop em geral.
About Fabio Martins (401 Articles)
Santista de nascimento, flamenguista de coração, paulistano por opção. Ama vídeo game, cinema, séries, música, nerdices e cultura pop em geral.