Novidades

True Detective S02E06| Church in Ruins

Se não estivéssemos praticamente no final da temporada, esse seria um ótimo episódio de True Detective. Mas, infelizmente, Church in Ruins, acaba se tornando mais um capítulo de enrolação, adicionando mais elementos na trama que parece não ter fim. É tanta ponta solta que será impossível amarrá-las dignamente faltando apenas dois episódios para o fim desse segundo ano da série.

Dos dois ótimos cliffhangers que tivemos no episódio anterior nenhum, aparentemente, foi adiante. A tensão entre Frank Semyon e Ray Velcoro por causa do suposto estuprador da esposa do policial ficou no bate-papo com Ray acusando Frank de tê-lo enganado e o mafioso saindo pela tangente dizendo que foi enganado também. Já o local descoberto por Ani Bezzerides e Paul Woodrugh ainda está sendo investigado. A suspeita inicial de que o sangue era de Caspere foi por água abaixo com a perícia afirmando que o sangue era feminino.

Apesar da enrolação, Church in Ruins serviu para mostrar um pouco mais da personalidade dos personagens principais, exceto o Woodrugh, que continua sendo uma nulidade na série. Interessante ver como Frank tem uma tremenda facilidade para dialogar com uma criança e confortá-la, enquanto Ray mal consegue atrair a atenção do próprio filho. Por falar em relação estranha com o pai, foi interessante ver Ani, ao efeito de heroína, lembrando de ter sido abusada sexualmente quando criança na estranha seita do seu pai. Não fica claro quem é o estuprador, mas eu não descartaria um caso de incesto aí.

Outra coisa que merece atenção e que pode ajudar a solucionar o caso é o paradeiro do casal de crianças que sobreviveu ao ataque da joalheria nos anos 90, quando as pedras preciosas ligadas ao sumilo de Irina Rulfo foram roubadas. É bem provável que elas sejam os filhos do prefeito de Vice, Tony e Betty Chessani, colocando ainda mais a família no centro das atenções no caso da morte de Ben Caspere.

Claro que Church in Ruins teve ótimos momentos e grandes revelações na festa com autoridades e prostitutas. A presença do chefe de polícia de Vice, que é um dos homens do prefeito Austin Chessani, e do mafioso Osip Agronov, além da captura de um documento importante repleto de assinaturas de outras autoridades podem ajudar a revelar quem estão por trás de toda essa trama. O problema é o tempo para desenvolver tudo isso. Só faltam dois capítulos e se continuar nesse ritimo arrastado, o caso será solucionado apenas na quarta temporada.

Fabio Martins on twitterFabio Martins on linkedinFabio Martins on instagramFabio Martins on googleFabio Martins on facebookFabio Martins on email2
Fabio Martins
Santista de nascimento, flamenguista de coração, paulistano por opção. Ama vídeo game, cinema, séries, música, nerdices e cultura pop em geral.
About Fabio Martins (392 Articles)
Santista de nascimento, flamenguista de coração, paulistano por opção. Ama vídeo game, cinema, séries, música, nerdices e cultura pop em geral.