O monstro representa nosso lado primitivo, que age por simples impulso, traz consigo o caos, a quebra das convenções. Ele nos amedronta porque é o símbolo de nosso elo com o mundo animal, ao qual tentamos nos convencer que de que não fazemos parte. A razão nos faz superiores, evoluídos. Mas até que ponto a