Novidades

Rafael Albuquerque: DC Comics retira capa polêmica

O quer era para ser apenas uma homenagem (e uma excepcional homenagem, diga-se de passagem) tornou-se uma dor de cabeça para o artista brasileiro Rafael Albuquerque por causa do policiamento do politicamente correto. Convidado para ser um dos desenhistas a criar uma das capas variantes para homenagear os 75 anos da criação do Coringa, sua arte gerou muita discussão nas redes sociais por lembrar um dos atos mais cruéis do personagem.

A capa, que você vê clicando aqui, seria publicada na cada de número 41 da HQ da Batgirl e é uma homenagem a uma das melhores histórias em quadrinhos de todos os tempos: “A Piada Mortal”, escrita por Alan Moore e desenhada por Brian Bolland, em 1988. A história mostra o ápice da loucura do Coringa e, paralelamente, conta a sua origem. Em sua nova “missão”, ele acredita que qualquer ser humano, passando por uma terrível sessão de tortura psicológica, é capaz de ficar tão insano quanto ele. Para provar sua tese, ele compra um parque de diversões caindo aos pedaços, estupra e aleija a Barbara Gordon (a Batgirl mais conhecida), fotografa tudo e mostra as imagens para o seu pai, o comissário James Gordon num passeio dentro do Trem Fantasma.

Nessa maravilhosa capa de Rafael Albuquerque, o Coringa aparece sorrindo e com um revólver na mão, forçando um sorriso no rosto choroso de Barbara, momentos antes de estupra-la e dar tiro que a aleija. Uma capa fenomenal que, infelizmente, caiu em desgraça pela polícia do politicamente correto. Diante da polêmica, o artista pediu para a DC Comics tirar sua arte de circulação.

“Minha arte da capa variante da Batgirl foi concebida para homenagear uma história em quadrinhos que eu realmente admiro, e eu sei que é uma das mais favoritas de muitos leitores. ‘A Piada Mortal’ é parte do cânone de Batgirl e artisticamente, eu não poderia evitar de retratar a situação traumática entre Barbara Gordon e Coringa.” disse Rafael, que explica suas intenções. “Minha intenção nunca foi ferir ou incomodar ninguém pela minha arte. Por essa razão, recomendei a DC que a capa variante fosse retirada. Estou muito satisfeito que a DC Comics entendeu as minhas preocupações e não vai publicar a arte da capa em junho, como anunciado anteriormente.”

Claro que a DC Comics atendeu o pedido de Rafael Albuquerque, entendeu que se trata de uma homenagem ao quadrinho de Alan Moore e não vai publicar o material para não “ofender” seus leitores. Uma pena. Todos saem perdendo nessa história. Inclusive aqueles que se sentiram ofendidos.

Fabio Martins on twitterFabio Martins on linkedinFabio Martins on instagramFabio Martins on googleFabio Martins on facebookFabio Martins on email2
Fabio Martins
Santista de nascimento, flamenguista de coração, paulistano por opção. Ama vídeo game, cinema, séries, música, nerdices e cultura pop em geral.
About Fabio Martins (374 Articles)
Santista de nascimento, flamenguista de coração, paulistano por opção. Ama vídeo game, cinema, séries, música, nerdices e cultura pop em geral.