Novidades

Quinta de nostalgia: Capitão Planeta

No dia 22 de março foi comemorado o Dia Mundial da Água e no dia 28 de março, das 20h30 às 21h30, neste sábado, será a Hora do Planeta. Para quem ainda não sabe, a Hora do Planeta é um ato simbólico, promovido no mundo todo pela WWF, no qual governos, empresas e a população demonstram a sua preocupação com o meio ambiente, apagando as suas luzes durante uma hora. Importante, não é? E aí você me pergunta: o que isso tem a ver com a Quinta de Nostalgia? E eu digo: tudo! Ainda mais se vamos falar dele, o Capitão Planeta! (Nota: não sei você… Mas, na minha cabeça, ouvi cinco vozes gritando “Vai, Planeta!”)

Em 1990, após ficar indignado com o descaso com o meio ambiente que viu durante algumas viagens, o empresário americano Ted Turner (criador do Cartoon Network e muitos outros canais de TV a cabo), resolveu criar um super-herói que ensinasse às crianças e aos adolescentes lições para cuidar do planeta e também das pessoas.  cedidos por Gaia a cinco jovens especiais.

O enredo começa quando Gaia, o espírito da terra, desperta de um longo sono e percebe o quanto o planeta está sofrendo. Ela, então, envia cinco anéis mágicos para cinco jovens escolhidos ao redor do mundo: Kwame, Wheeler, Linka da União Soviética, Gi e Ma-Ti. Assim nasceu o Capitão Planeta, um cara certinho (e tão limpinho que até brilhava) que aparecia sempre que elementos da natureza e uma pitadinha de amor eram unidos através dos anéis mágicos. O capitão Planeta combate não só a poluição, mas também, o preconceito e a falta de informação.

O desenho marcou a minha infância e a de todas as crianças dos anos 90.  É divertido, tem uma pitada de humor e sempre fala sério quando o assunto é transmitir uma boa mensagem, como quando ensina que desmatamento é errado e que preconceito com pessoas com HIV é pura falta de informação.

Pena mesmo é que muitas pessoas não tenham aprendido alguma coisa com esse herói, já que estamos passando todo esse perrengue com falta d’água, poluição e afins. Talvez, esteja na hora da Gaia acordar nesse mundo aqui também e não só no dos desenhos animados…

 

Pela união dos seus poderes, eu sou o Capitão Planeta!

Kwame: oriundo de Gana, na África, esse personagem é o responsável pelo anel Terra. É o mais racional do grupo e, por muitas vezes, o líder. Com o elemento terra, ele consegue criar pequenos terremotos, abrir fendas no solo, mover rochas, mover a terra para criar pequenas ilhas no oceano, transformar terra em lama.

Wheeler: ele é de Nova York, nos Estados Unidos, e por isso é o mais urbano dos protetores. Adora fazer piadinhas e é o destemido do grupo. Ele representa o elemento Fogo, sendo capaz de criar pequenas chamas, esquentar objetos e iluminar locais escuros.

Linka: É a personagem mais inteligente de todos e a mais racional Também. Tem um ótimo conhecimento em aparelhos eletrônicos. E ela ainda tem uma boa história. Após a dissolução da União Soviética, país de origem da personagem, mudaram o local de nascimento dela para a Europa Oriental. Ela e Wheeler têm um quase romance, referência clara à guerra fria. O elemento de Linka é o Vento e, com ele, pode mudar a direção da corrente de ar e provocar pequenos tornados.

Gi: de origem asiática, provavelmente da Tailândia, é estudante de biologia marinha e especialista em espécies de seres vivos e ecossistemas do fundo do mar. Adora golfinhos e é surfista. O elemento dela é a Água e dá a Gi o poder de controlar pequenas quantidades líquidas, criar ondas, redemoinhos e trombas d´’agua.

Ma-Ti: ele é sul-americano e, provavelmente, brasileiro. Ele é da tribo dos índios caiapós, tribo brasileira, e essa referência foi a responsável pela associação com o nosso país. Possui um enorme conhecimento no ecossistema de florestas tropicais, principalmente em plantas exóticas. É amigo dos animais. Um macaco-prego chamado Suchi é o amigo de Ma-Ti. É o mais sentimental e o elemento dele é o Coração. Ele pode se comunicar com animais através de telepatia e, também, fazer uma pessoa ser mais bondosa.

 

Curiosidades

  • O rosto do Capitão Planeta foi inspirado no produtor Nick Boxer.
  • Em 1991, foi criada a Captain Planet Foundation. O dinheiro arrecadado com desenho era enviado para projetos ambientais organizados pela fundação. É possível contribuir com a fundação ainda hoje e até matar as saudades e assistir aos episódios do desenho. Mas em inglês. O endereço é: http://captainplanetfoundation.org/.
  • Capitão Planeta nunca teve uma versão cinematográfica. Mas, em 2011, foram lançadas versões cômicas estrelando Don Cheadle, o Máquina de Combate que apareceu nos filmes do Homem de Ferro. Confira uma delas:

Jeanine Alvarenga on facebook
Jeanine Alvarenga
Viciada em literatura, fã de mangás e animes, adoradora de cinema, jornalista nas horas vagas.
About Jeanine Alvarenga (16 Articles)
Viciada em literatura, fã de mangás e animes, adoradora de cinema, jornalista nas horas vagas.
Contact: Facebook