Novidades

Lollapalooza: Os Destaques Independentes do Festival

O Lollapalooza ficou conhecido por apresentar em seus festivais artistas de vários gêneros musicais, com foco em estilos que variam do post-punk ao rap e por estender as fronteiras da cultura do rock, com espaço para exibição de outras expressões artísticas, com grupos que promovem a contra-cultura, consciência política e sustentabilidade ambiental, sejam eles grandes ou independentes.

Poderia falar de cada um dos artistas e bandas que fizeram das edições do Lollapalooza aqui no Brasil um sucesso, mas como o espaço é limitado, destaco os independentes que me encantaram seja pela inovação de sons, pelo talento descoberto, pela nostalgia despertada e por reviver momentos tão especiais de uma juventude que fica cada vez mais distante.

Abaixo os principais shows em cada edição e uma sugestão para essa de 2015, conforme meu humilde gosto.

2012
Thievery Corporation

Conheci o TC em 2002 apresentado por um ex namorado maluco, diretor de arte, que fumava maconha o dia inteiro.
Olhei o CD com preconceito … aquela leseira diária me cansava!
Qual foi a minha surpresa ao ouvir Lebanese Blonde … me tirou o chão!
Que música linda, que harmonia … uma explosão de sensações …
TC é um projeto criado por Rob Garza e Eric Hilton, que conta com a participação de vários cantores e artistas. O estilo musical mistura elementos de dub, acid jazz, reggae, bossa nova, passando por sons étnicos da índia e do oriente médio.
O vídeo é da edição de 2012 no Chile, mostra a energia e astral dos músicos, infelizmente não encontrei um vídeo legal do Festival aqui no Brasil.

2013
Criolo
Um fenômeno, um gênio, uma inspiração! Depois de tanto batalhar de maneira independente, mostrou que tem algo a dizer, com propriedade e talento. Me faltam adjetivos para elogiar seu trabalho.
Levantou o público, fez a galera pensar, questiona nossos problemas sociais com amor, apesar de não existir amor em SP ….

2014
Savages
Banda inglesa, com vocalista francesa, linda!!!! Influência clara de Siouxsie and the Banshees.
Um achado, uma descoberta! Remete aos bons sons dos anos 80, com uma agressividade harmoniosa que rasga o peito e te coloca para dançar, como se não houvesse amanhã.

2015
Nem Liminha Ouviu
Só entende quem frequentou … Voltamos aos idos da década de 80 e suas noites efervescentes no Dama Shock, Projeto SP, Rose Bombom, Madame Satã …
Resgatando sons das bandas como Muzak, Cabine C, Finis Africae, Replicantes, Inocentes, entre outras maravilhas, é uma das apresentações que fará o público mais experiente regressar a juventude.

Fabio Martins on twitterFabio Martins on linkedinFabio Martins on instagramFabio Martins on googleFabio Martins on facebookFabio Martins on email2
Fabio Martins
Santista de nascimento, flamenguista de coração, paulistano por opção. Ama vídeo game, cinema, séries, música, nerdices e cultura pop em geral.
About Fabio Martins (401 Articles)
Santista de nascimento, flamenguista de coração, paulistano por opção. Ama vídeo game, cinema, séries, música, nerdices e cultura pop em geral.