Gtalk: Google troca serviço de chat pelo Hangouts

Fim da linha para um dos melhores softwares de bate-papo da atualidade. Após 10 anos de ótimos serviços prestados o Gtalk acaba de ser descontinuado pelo Google para dar lugar ao ainda confuso Hangouts, criado há dois anos pela mesma empresa.

Segundo comunicado publicado no Google+ da gerente de produtos da empresa, Mayur Kamat, “isso vai permitir que nossa equipe se concentre em oferecer uma experiência de comunicação mais robusta e expressiva com o Hangouts”. Isso se deve a evolução do serviço. Criado inicialmente para funcionar apenas como sistema de conversas em vídeo, o software evoluiu e desde 2013 ganhou mais recursos para integrar os serviços de chat do Google.

Os resistentes que ainda não migraram para o serviço receberão comunicados do Google sobre o fim do GTalk e para eles restarão duas opções: Migrar definitivamente para o Hangouts ou instalar aplicativos que funcionem como o software antigo.

Os motivos da resistência não são caprichos. O problema é que a nova plataforma não permite o envio de imagens, impossibilita bater-papo no desktop e não sabe informar direito se os contatos estão on-line. Mas o novo bate-papo do Google tem suas vantagens, principalmente ver as conversas antigas ao clicar no nome do contato sem precisar fazer busca, ter a possibilidade de criar e gravar conversas em vídeo e em grupo, além de colocar a gravação diretamente no YouTube.

Ainda é cedo para dizer se os usuários se acostumarão ou vão procurar outros serviços de bate-papo, mas uma coisa é certa: Não será uma adaptação fácil.

Fabio Martins on InstagramFabio Martins on Twitter
Fabio Martins
Santista de nascimento, flamenguista de coração e paulistano por opção. Fã de cinema, música, HQ, games e cultura pop.