Novidades

Game of Thrones: S05E01 – The Wars to Come

Enfim o inverno chegou. E até mais cedo do que se previa, pois pela primeira vez na sua história, Game of Thrones teve seus quatro primeiros capítulos roubados e disponibilizados na internet antes mesmo de sua estreia mundial. Mas vamos deixar isso de lado e falar sobre o episódio de estreia da quinta temporada, The Wars To Come, que foi ao ar ontem na HBO Brasil em transmissão simultânea com os EUA.

Embora não tenha sido uma estreia impactante com reviravoltas, fortes cenas de batalhas e articulações políticas, o episódio de estreia foi bom. Teve um pouco de cada coisa e serviu apenas como uma leve introdução para o que está por vir. E, como já sabemos que além de se basear nos livros 4 e 5 da saga de George R. R. Martin, essa temporada terá acontecimentos do sexto livro, ou seja, tem muita história pra contar.

Pela primeira vez em Game of Thrones tivemos um flashback. The Wars To Come começa mostrando a rainha, ainda criança, se consultando com uma bruxa no meio do bosque para saber sobre o seu futuro. E talvez, essas descobertas tenham sidos cruciais na formação do seu péssimo caráter e sua personalidade azeda.

Outra coisa que precisa ser dita nesse ano de Game of Thrones é que pelo andar da carruagem a série e o livro estão se separando de vez. Vários acontecimentos dos livros estão se misturando e aparecendo de maneira completamente distorcida na TV. Bom exemplo é o velório de Tywin Lannister, que passa completamente despercebido na adaptação, mas que no livro O Festim dos Corvos é narrado em detalhes, principalmente por causa do cheiro podre do corpo, dando a entender que o Leão já estava envenenado quando ele é assassinado pelo seu filho anão. Geroge R. R. Martin levanta a possibilidade de Tyrion ter apenas adiantado a morte de velho e que ela já teria sido programada pela senhora Olenna Tyrell ou pela Víbora Vermelha, Oberyn Martell.

Outra grande mudança nessa quinta temporada de Game of Thrones em relação aos livros é a viagem de Tyrion Lannister. Ele não embarca com Lorde Varys num navio para Pentos. Nós simplesmente não sabemos o paradeiro do Aranha. O duende está sozinho no barco e é levado para Pentos sob ordens do eunuco, mas sem a presença deste. Portanto, a ideia dele se encontrar com Daenerys para ajuda-la a recuperar o Trono de Ferro é sua e não do seu salvador.

Por falar em Daenerys, a mãe dos dragões começa a sofrer com o peso do cargo que ocupa. Depois de conquistar Meeren e salvar seus escravos, a Mãe dos Dragões tem que enfrentar a fúria dos ex-mestres e dos Filhos das Hárpia, que estão matando os seus Imaculados. Além disso, ela tem que aceitar o fato de não mais ser adorada pelos seus “bichinhos”, Rhaegal e Viserion, que estão acorrentados, sem contar Drogon, que está livre, leve e solto cuspindo fogo por aí.

A parte mais emocionante de The Wars To Come ficou com a Muralha e a Patrulha da noite, onde Stannis permanece hospedado após vencer a guerra contra os selvagens e mantém Mance Rayder e seus seguidores presos. O ponto alto é a conversar entre Jon Snow e o Rei Para Lá da Muralha. O bastardo de Winterfell bem que tenta convencê-lo a se ajoelhar para Stannis, mas o selvagem se recusa e acaba recebendo o castigo da Melisandre, a Sacerdotisa Vermelha.

Apesar de não ter tido muitas emoções, o episódio serviu bem para situar o espectador em relação aos acontecimentos do final da quarta temporada e preparar par o que vem pela frente. E pode apostar, tem muita coisa boa vindo por aí.

Fabio Martins on twitterFabio Martins on linkedinFabio Martins on instagramFabio Martins on googleFabio Martins on facebookFabio Martins on email2
Fabio Martins
Santista de nascimento, flamenguista de coração, paulistano por opção. Ama vídeo game, cinema, séries, música, nerdices e cultura pop em geral.
About Fabio Martins (374 Articles)
Santista de nascimento, flamenguista de coração, paulistano por opção. Ama vídeo game, cinema, séries, música, nerdices e cultura pop em geral.