Novidades

Animação | A arte digital brazuca

A indicação do filme “O Menino e o Mundo” (2013), do diretor Alê Abreu, ao Oscar de animação deste ano é apenas mais um indício de que essa é uma área em expansão no país, seja no cinema, na tevê ou na publicidade.

Outros diretores já haviam conquistado um lugar de destaque, como Carlos Saldanha, com “Rio” (2011) e Luis Bolognese, com “Uma História de Amor e Fúria” (2013), o que confirma que, apesar da concorrência, existe lugar no mercado para profissionais brasileiros talentosos. A série “Peixonauta” (2009), de Célia Catunda e Kiko Mistrorigo, que o diga.

“Uma animação brasileira está concorrendo ao Oscar, mostrando mais uma vez que o brasileiro tem condições de se destacar no mercado mundial de computação gráfica”, diz Alessandro Bomfim, CEO da Saga, uma rede de escolas livres de arte digital do Brasil. “Nossos jovens já sabem disso e estão procurando formação e qualificação na área”, completa.
img_uni_guarulhos_slider_03

Existem várias maneiras de se começar o aprendizado, inclusive em casa, com tutoriais da internet. Mas uma formação adequada, orientada por profissionais pode ser mais rápida e eficaz, além de evitar vícios comuns a autodidatas.

Em um artigo da Wikipedia, por exemplo, descobrimos que Saldanha se interessou por animação ao tomar conhecimento de como os computadores estavam revolucionando a área. Ele então se inscreveu na School of Visual Arts, escola nos Estados Unidos, onde descobriu o que queria fazer para o resto da vida. Em entrevista à revista Superinteressante, ele confirma a importância do curso em sua carreira dizendo que tinha tanta vontade de ser bem sucedido que produziu uma série de curtas durante o curso. O trabalho e a dedicação chamaram a atenção de um professor que o chamou para trabalhar em sua produtora.
saldanha

Para iniciantes, Bonfim recomenda, na Saga, o Start, um dos cursos mais procurados. Com 280 horas de duração, ensina desde noções básicas de computação gráfica até módulos de modelagem 3D, animação e efeitos visuais. Nele, os alunos aprendem técnicas de tratamento de imagens, criação de efeitos tanto em imagens estáticas como em filmes, animações em 2D e em 3D e a usar ferramentas como Photoshop, Illustrator, Flash, Premiere, After Effects e Maya. Queria lembrar também que “a rede é um centro de treinamento autorizado da Adobe e da Autodesk, além de parceira da Unreal Engine”, termina.

Aldo Gama
Aldo Gama é jornalista
About Aldo Gama (80 Articles)
Aldo Gama é jornalista