Na transição do século XIX para o XX, o francês Henri Bergson (1859-1941) publicou Matéria e Memória, um estudo sobre a relação entre corpo e memórias. Sua proposta é de que o cérebro age como uma espécie de guardião do entra-e-sai memorialístico, em vez de reprodutor de lembranças. Se não o fizer, corremos o risco