Ao contrário do que muita gente imagina, game não é apenas “brinquedo de menino”. Se esse estigma foi criado no final dos anos 70 e 80, a partir dos da década de 90, o público feminino começou a tomar gosto pela atração e hoje ocupa um lugar importante na indústria brasileira de jogos. Essa é