44.ª Mostra Internacional de Cinema começa hoje

Enfim, a 44.ª edição da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo começa hoje. Pala primeira vez o maior festival cinematográfico do país será realizado on-line e, a saber, com algumas sessões em drive-in. O evento vai até o dia 4 de novembro, exibirá 198 filmes e com ingressos a R$ 6. Ou seja, uma edição totalmente popular.

Os fãs de cinema e da Mostra poderão acompanhar os filmes em três plataformas: a Mostra Play, o Sesc Digital e a Spcine Play, bem como no drive-in do Belas Artes e o no CineSesc Drive-in.

Abertura

Vencedor do Grande Prêmio do júri em Veneza,  Nova Ordem (New Order), dirigido pelo mexicano Michel Franco, abre hoje a programação da Mostra, às 19h30, no Belas Artes Drive-In, com apresentação virtual de Renata de Almeida e Serginho Groisman. O público terá acesso à cerimônia pela plataforma Mostra Play e, a  partir das  00h01min  do dia 23, o longa também poderá ser visto online.

Premiados

Essa edição conta com uma boa seleção de filmes premiados em festivais internacionais. A saber, os principais são: Não Há Mal Algum, iraniano vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim, em fevereiro.

Bem como o norte-americano Shirley, vencedor do Prêmio Especial do Júri de drama do Festival de Sundance. Assim como Beans, filme canadense vencedor do prêmio Estrelas em Ascensão do Festival de Toronto. Por fim, Isso Não É Um Enterro, É Uma Ressurreição, vencedor do Prêmio Especial do Júri de cinema dramático do Festival de Sundance.

Direção feminina

Dentre os 198 títulos da seleção, cerca de 25 % contam com mulheres assinando a direção. Destaque para Gato na Parede (Cat In the Wall), de Vesela Kazakova e Mina Mileva, bem como Impedimento em Cartum (Khartoum Offside), de Marwa Zein, A Arte de Derrubar (The Art of Fallism), de Aslaug Aarsæther e Gunnbjörg Gunnarsdóttir, Rebeldes de Verão (Summer Rebels), de Martina  Saková,  e, por fim,  Irmãs  Separadas (Sisters Apart), de Daphne Charizani.

71 países

Como de costume, a Mostra conta com uma grande variedade de filmes, vindos dos mais diversos países. Estão confirmadas produções da Alemanha, África do Sul, Argentina, Armênia, Austrália, Áustria, bem como Azerbaijão. Além de Belarus, Bélgica, Bolívia, Bósnia- Herzegovina, Brasil, Bulgária e Burkina Faso. Assim como Canadá, Catar, Chile, China, Colômbia, Croácia e  Cuba.

A saber, também da Dinamarca, Egito, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos. Bem como das Filipinas, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Irã, Iraque, Irlanda, Israel e Itália. Assim como Japão, Jordânia, Kosovo, Lesoto, Letônia, Líbano, Macedônia do Norte, Mali, Marrocos, México e Mongólia.

Além de Nigéria, Noruega, Palestina, Panamá, Paquistão, Polônia, Portugal, Quirguistão e Reino  Unido. Por fim, República Tcheca, Romênia, Ruanda, Rússia, Sérvia, Síria, Sudão, Suécia, Suíça, Taiwan, Turquia, Ucrânia e Uruguai.

Homenagens da Mostra

O diretor brasileiro Fernando Coni Campos (1933 – 1988) terá uma homenagem póstuma com a exibição dos longas Viagem ao Fim do Mundo (1968), Ladrões  de Cinema (1977) e O Mágico e o Delegado (1983). A saber, a Mostra vai entregar o Prêmio Humanidade aos funcionários da Cinemateca Brasileira e  também  ao  conceituado  documentarista americano Frederick Wiseman.

A saber, a programação completa da 44.ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo está no site oficial do evento.

Fabio Martins on InstagramFabio Martins on Twitter
Fabio Martins
Santista de nascimento, flamenguista de coração e paulistano por opção. Fã de cinema, música, HQ, games e cultura pop.