MasterChef Brasil S02E17| Três candidatos competem

Eu juro que não entendo qual a graça em descobrir quem são os finalistas de um reality show de competição antes do programa ir ao ar. Eu consegui ficar livre de spoilers do MasterChef Brasil até a semana passada, quando três pessoas me avisaram pelas redes sociais que Jiang Pu seria a última eliminada do programa e que Raul Lemos e Izabel Alvares fariam a finalíssima da atração da Band.

A informação foi divulgada por um jornal meses atrás, espalhada nas redes sociais e diversas pessoas leram, compartilharam e o que é mais insano: continuaram a assistir o MasterChef Brasil, mesmo sabendo quem seriam os finalistas. Algo que realmente não entra na minha cabeça.

Mas deixando o spoiler de lado, e falando sobre a semifinal, ela poderia ter sido muito mais emocionante se não fosse a edição da Band. Impossível a emissora não perceber que esticando o programa desse jeito ele fica arrastado e quase insuportável de assistir. Nenhuma outra versão do MasterChef no mundo é tão longa quanto a brasileira. Enquanto os de outros países duram cerca de 60 minutos por episódio, aqui o reality show tem mais de duas horas de duração.

Apesar disso, claro que a emoção tomou conta do penúltimo episódio da segunda temporada de MasterChef Brasil principalmente porque é impossível não se encantar com a estudante Jiang Pu – a melhor participante da história do programa. Além de excelente cozinheira, bem humorada, dona de tiradas geniais e com um sotaque de fazer inveja ao jurado Erick Jacquin, ela conquistou o público desde a sua primeira aparição com seu jeito tímido e divertido de cozinhar.

Pena que dessa vez não foi o suficiente. Na única prova do programa, ela e os outros competidores tiveram que cozinhar com um dos três produtos marinhos escolhidos pelos chefs. Henrique Fogaça escolheu lagosta, Paola Carosella escolheu vieiras e Jacquin preferiu o horrível peixe sapo. Aliás, este último causou repulsa na chinesinha que tem trauma de infância com peixes.

Por ter menos vitórias individuais que seus concorrentes, Jiang foi a última a escolher. Mas se deu bem e ficou com a lagosta porque Izabel preferiu correr o risco de cozinhar o peixe sapo, enquanto Raul, que foi o primeiro a selecionar o produto, ficou com as vieiras. A chinesa pecou ao servir uma cestinha de batata frita que estava visivelmente queimada e acabou perdendo para Raul (que pecou na apresentação, mas acertou no tempero) e Izabel que fez um lindo e saboroso prato com seu peixe estranho.

Jiang deixou o programa tranquila, com a cabeça erguida e muito feliz com a sua participação. Sem chorar e, como sempre, com muito bom humor, encarou a eliminação comemorando o que conquistou até ali e não lamentou a sua saída. Com certeza, vai deixar saudades.

A grande final do MasterChef Brasil 2015 será realizada ao vivo na próxima terça-feira. Apesar de ser difícil apostar em um vencedor, já que as gravações do programa terminaram há um bom tempo e ambos tiveram um longo período para prepararem seu menu final, Izabel leva uma vantagem por ter terminado a fase eliminatória vencendo a prova no Arturito e se arriscando muito mais e apresentando um prato muito melhor na última prova de eliminação. Raul corre por fora, mas o santista não é fraco. Ele também vem numa crescente, vencendo provas importantes na reta final e nesse intervalo ele teve oportunidade de melhorar o seu ponto fraco que é a apresentação dos pratos. Agora é esperar uma semana e conferir ao vivo (e SEM SPOILERS) quem será o novo MasterChef Brasil.

Fabio Martins on InstagramFabio Martins on Twitter
Fabio Martins
Santista de nascimento, flamenguista de coração e paulistano por opção. Fã de cinema, música, HQ, games e cultura pop.