‘Estou Pensando em Acabar Com Tudo’ estreia na Netflix

Primeiro trabalho do diretor, roteirista e produtor Charlie Kaufman para a Netflix, ‘Estou Pensando em Acabar Com Tudo’ estreia nessa sexta (4), na plataforma do serviço de streaming. O filme, baseado no livro homônimo escrito por Iain Reid em 2017, é igualmente, a primeira adaptação realizada pelo cineasta.

Filmado em poucas locações, a força de Estou Pensando em Acabar Com Tudo está no texto de Kaufman e, principalmente, na atuação dos quatro atores principais atores Jessie Buckley, Toni Collette, Jesse Plemons e David Thewlis, que praticamente formam o elenco inteiro do filme.

Sinopse

Apesar de ter dúvidas sobre seu relacionamento, uma jovem (Jessie Buckley) faz uma viagem de carro com seu novo namorado, Jake (Jesse Plemons) para visitar a fazenda da família dele. Nesse meio tempo, depois de uma forte nevasca, ela fica presa com a mãe (Toni Collette) e o pai (David Thewlis) de Jake e começa a questionar a natureza do que sabe sobre seu namorado, sobre si mesma e o mundo. Estou Pensando em Acabar Com Tudo é, dessa forma, uma análise do arrependimento, da carência afetiva e da fragilidade do espírito humano.

Análise

Não espere simplicidade, narrativa linear em Estou Pensando em Acabar Com Tudo. Assim como a maioria dos filmes dirigidos ou escritos por Kaufman, o filme tem a sua estranheza peculiar, que deixa o espectador incomodado com a série de acontecimentos bizarros que vai acontecendo durante as pouco mais de duras horas da produção. Assim como o livro, ele é um thriller psicológico de enorme e constante tensão.

Importante ressaltar que quanto menos o espectador souber da história do filme, melhor ele vai aproveitar a obra. Tão importante quanto isso é manter a cabeça aberta porque Estou Pensando em Acabar Com Tudo é uma produção que vai na linha de obras como ‘Midsommar – O Mal Não Espera a Noite’ (Midsommar, 2019) e ‘Hereditário’ (Hereditary, 2018). Ou seja, é um longa incômodo, que tem como objetivo deixar a plateia incomodada, confusa e reflexiva. Por fim, muita gente vai embarcar na obra e adorar e outras pessoas irão simplesmente detestar.

Como citado anteriormente, o elenco do filme foi muito bem escalado. O casal de protagonistas formado por Jessie Buckley (Chernobyl) e Jesse Plemons (Breaking Bad) está formidável, com ambos brilhando sem roubar espaço um do outro. As atenções sobre eles só desaparecem quando entram em cena Toni Collette (Hereditário) e David Thewlis (Harry Potter), que são os pais de Jake.

Enfim, se você der uma chance para a estranheza do filme, vai apreciar outra obra interessante de Charlie Kaufman.

Estou Pensando em Acabar Com Tudo

Direção e roteiro: Charlie Kaufman
Elenco: Jessie Buckley, Toni Collette, Jesse Plemons, David Thewlis
País: Estados Unidos
Idioma: inglês
Gênero: Drama thriller, suspense
Duração: 124 minutos
Estreia: 4 de setembro de 2020
Onde assistir? Netflix

Fabio Martins on InstagramFabio Martins on Twitter
Fabio Martins
Santista de nascimento, flamenguista de coração e paulistano por opção. Fã de cinema, música, HQ, games e cultura pop.