Cinco dramas familiares para assistir na HBO GO

Nessa época de pandemia e discussões políticas cada vez mais acirradas, manter os laços familiares é, antes de tudo, algo cada vez mais importante. Por isso, nada como uma boa série ou filme para nos lembrar como a proximidade com nossa família pode ajudar, acima de tudo, nestes momentos cada vez mais difíceis. Dentre o rico conteúdo HBO GO tem cinco que se destacam e merecem ser vistos nesse meio tempo.

I KNOW THIS MUCH IS TRUE

Primeiro trabalho televisivo de Mark Ruffalo (o Hulk de Os Vingadores) em 20 anos, a minissérie em seis episódios mostra a indissolúvel relação fraternal entre os gêmeos Dominick e Thomas Birdsey. A história dos irmãos é apresentada de acordo com a perspectiva de Dominick em várias etapas de suas vidas, começando pelo momento em que se aproximam da meia-idade e a deficiência mental de Thomas atinge um estágio perigoso. A atuação de Ruffalo é o grande destaque nesta história densa, interessante, triste e de produção, acima de tudo, impecável. I Know This Must is True termina neste domingo e os cinco primeiros episódios estão na HBO GO.

THE NORMAL HEART

Também estrelado por Mark Ruffalo, o filme lançado em 2014 mostra a disseminação do HIV em Nova Iorque nos anos 80 e a luta de ativistas para dar visibilidade à doença. Ele destaca as dificuldades que a comunidade LGBT+ enfrentava nessa época para expor a verdade sobre a AIDS em uma nação que, até então, negava os fatos. No enredo, depois de ver um amigo ser sucumbido pela AIDS, Ned Weeks (Mark Ruffalo) pretende organizar mais ação para combater essa doença, mesmo que sua personalidade possa ameaçar e afastar as pessoas ao seu redor, incluindo seu irmão Ben (Alfred Molina), seu amante Felix (Matt Bomer), e Bruce Niles (Taylor Kitsch), um banqueiro de investimento enrustido.

SHOW ME A HERO

Criada pelo brilhante David Simon (The Wire, também disponível na HBO GO), a minissérie em seis episódios estrelada por Oscar Isaac (Star Wars: O Despertar da Força, Os Últimos Jedi e Ascensão Skywalker) se passa nos anos 80 e acompanha a trajetória de Nicholas Wasicsko (Isaac), o prefeito mais jovem da história de Yonkers, estado de Nova Iorque, que se vê envolvido em uma grande polêmica quando a corte federal ordena que ele construa casas de baixo custo em um bairro de classe média e predominantemente com pessoas brancas. Além dos conflitos raciais, ele terá que manter laços fortes com sua família para continuar de pé em um ambiente racista e de segregação.

OUR BOYS

Criada em 2019 por Tawfik Abu Wael, Joseph Cedar e Hagai Levi, a minissérie de 10 episódios relata o sequestro e assassinato de três adolescentes judeus por militantes do Hamas no verão de 2014. O crime acabou gerando uma retaliação que culminou no assassinato do palestino Muhammad Abu Khdeir, de 16 anos, neste conflito que mudou para sempre a vida de judeus e árabes. A séria aborda uma das disputas mais complexas e dilacerantes da história recente e mostra duas famílias – uma judia e uma muçulmana – e suas amizades, em diferentes lados do conflito, retratadas por quem deve se manter unido para não perder a razão.

YEARS AND YEARS

Produzida em cooperação entre a BBC e HBO, a minissérie de seis episódios criada e escrita por Russell T Davies e estrelada por Emma Thompson começou a ser transmitida na BBC One no Reino Unido em 14 de maio de 2019 e na HBO e HBO GO em 24 de junho do mesmo ano.

Ela segue a família britânica Lyons em Manchester liderada por Vivianne Rook, celebridade convertida em figura política, se candidata ao cargo de primeira-ministra e divide a nação com opiniões controversas. A união será vital para a sobrevivência desta família ao longo de quinze anos em um mundo instável em função da política, da economia, dos avanços tecnológicos e das guerras iminentes. Ideal para o momento político que o Brasil vive atualmente.

Todas as séries estão disponíveis na HBO e na HBO GO.

Fabio Martins on InstagramFabio Martins on Twitter
Fabio Martins
Santista de nascimento, flamenguista de coração e paulistano por opção. Fã de cinema, música, HQ, games e cultura pop.