Agora é oficial: Disney+ chega em novembro ao Brasil

Depois de muita expectativa, boatos e contestações de concorrentes, Disney+, o serviço de streaming da empresa que detém, além de suas próprias criações, os direitos da Marvel, Pixar, Star Wars e National Geographic, enfim chega ao Brasil. Apesar de não ter uma data certa definida, apenas o mês, é provável que o sinal seja aberto no dia 12 de novembro deste ano, quando  será comemorado o seu primeiro ano de funcionamento nos Estados Unidos.

Preço ainda é especulativo

Ao contrário do que se esperava, o valor mensal da assinatura não foi divulgado oficialmente nesse meio tempo. Mas a probabilidade é que ela siga o mercado norte-americano, onde a Disney+ custa US$ 7, mais barato que a Netflix (US$ 9) e Amazon Prime (US$ 8). Nesse ínterim, na semana passada, a versão do app para Android acabou soltando um spoiler, mostrando que o preço brasileiro seria de R$ 28,99 por mês ou um plano anual de R$ 294,90. Isso daria dois meses grátis na assinatura, assim como a Amazon Prime faz.

Títulos antigos

A princípio, o Disney+ já apresenta um número significativo de assinantes: 60.5 milhões com menos de um ano de funcionamento. Assim como as novidades que já foram amplamente divulgadas, a empresa afirma que a programação vai contar com séries de televisão da Marvel desde 1979 até os dias de hoje, incluindo “X-Men”, “Homem-Aranha” e “Marvel’s Runaways”. Ou seja, prato cheio para os saudosistas.

 “Sabemos que nosso público da América Latina está ansioso pela chegada do Disney+, o único serviço de streaming que oferecerá acesso exclusivo a todas as estreias dos conteúdos disponíveis de Disney, Marvel, Pixar, Star Wars e National Geographic. Além disso, todos os clássicos animados da Disney estarão juntos pela primeira vez em um único e exclusivo destino. A proposta de entretenimento será complementada por uma oferta robusta de séries e filmes originais do Disney+, um selo de produção própria, com uma variedade de títulos que podem ser vistos apenas em nossa plataforma, bem como conteúdo original produzido localmente em vários países da região para os mais diversos públicos”

Diego Lerner, presidente da The Walt Disney Company Latin America.

Marvel e Star Wars

Alguns dos novos filmes, séries, documentários e curtas produzidos para serem vistos somente na plataforma estarão disponíveis no lançamento do serviço, outros irão estrear posteriormente. Estes são alguns deles:

  • As novas histórias da Marvel Studios, que chegarão primeiramente na região em lançamento simultâneo aos EUA atualmente programado para 2020 e 2021: “Falcão e o Soldado Invernal”, que reúne Sam Wilson/Falcão (Anthony Mackie) e Bucky Barnes/O Soldado Invernal (Sebastian Stan) após os eventos de VINGADORES: ULTIMATO, em uma aventura global que testa suas habilidades e paciência; “WandaVision”, a série de comédia que combina o estilo das comédias clássicas com o Universo Cinematográfico da Marvel (MCU), no qual Wanda Maximoff (Elizabeth Olsen) e Visão (Paul Bettany) estão vivendo uma vida suburbana ideal, ao mesmo tempo que começarem suspeitar que nem tudo é o que parece; e “Loki”, uma nova série na qual Tom Hiddleston reprisa seu papel como Loki e que igualmente se passa depois de VINGADORES: ULTIMATO.
  • Os oito episódios que compõem a primeira temporada de “The Mandalorian”, a série épica de live-action da saga Star Wars que acumula 15 indicações ao Emmy, com Jon Favreau como showrunner e Pedro Pascal como Mando. A segunda temporada será lançada ao mesmo tempo que nos EUA. Da mesma forma, os fãs de Star Wars também poderão ver em novembro “Disney Gallery: The Mandalorian” uma série documental que explora os bastidores de “The Mandalorian” em entrevistas, imagens exclusivas e mesas redondas com os envolvidos no projeto. Além disso, “Star Wars: The Clone Wars”, a série animada vencedora do Emmy, retorna para sua conclusão épica no Disney+.

Exclusivo da plataforma

  • Filmes criados pelo The Walt Disney Studios exclusivamente para a plataforma, como “A Dama e o Vagabundo”, uma versão live-action do clássico de animação de 1955; assim como “Noelle”, uma comédiaoriginal com temática natalina protagonizada por Anna Kendrick; “Togo”, uma história real ambientada no inverno de 1925, na perigosa tundra do Alasca, cheia de aventura, que testarão a força, a coragem e a determinação de um homem, Leonhard Seppala (interpretado por Willem Dafoe, nomeado para o Oscar® quatro vezes) e Togo, seu principal cão de trenó.
  • Filmes que capturam a essência de experiências ao vivo, como “Hamilton”, que representa um salto na arte de filmar shows ao vivo como longas-metragens e transportará o público para o mundo dos espetáculos da Broadway de maneira única e intimista, conta com a direção de Thomas Kail e produção executiva de Lin-Manuel Miranda e Jeffrey Seller, entre outros.
  • High School Musical: O Musical – A Série”, uma nova série que segue os dias dos alunos do East High que estão se preparando para apresentar um musical na escola pela primeira vez, com muitas referências à franquia original do Disney Channel. “Secret Society of Second-Born Royals”, um filme emocionante que combina o encanto da realeza com as aventuras repletas de ação de super-heróis em treinamento. Da diretora Anna Mastro e baseado em uma história de Alex Litvak, Andrew Green e Austin Winsberg.
  • A série original da National Geographic “The Right Stuff” uma adaptação do best-seller homônimo de Tom Wolfe, no qual ele relata no gênero “não-ficção” os primeiros dias do programa espacial dos Estados Unidos. Produzida por Appian Way de Leonardo Di Caprio e Warner Horizon Scripted Television, conta com a produção executiva de Leonardo DiCaprio e Jennifer Davisson. Mark Lafferty (“Castle Rock”“Halt and Catch Fire”) é produtor executivo e showrunner. 
  • O “Projeto Os Heróis da Marvel”, que celebra os extraordinários jovens que fazem a diferença em suas comunidades. A série documental de seis episódios “The Imagineering Story, da diretora Leslie Iwerks, indicada ao Emmy e ao Oscar.
  • As novas séries em formato curto Pixar na Vida Real” e “Disney Family Sundays”e as coleções completas dos curtas animados “SparkShorts” “Forky Asks a Question”, da Pixar Animation Studios.

Passado, presente e futuro

A partir do lançamento em novembro de 2002, estes são alguns dos filmes, curtas e séries que estarão disponíveis para streaming de forma exclusiva na região pelo Disney+: 

  • Animações clássicas da Walt Disney Signature Collection, da Walt Disney Animation Studios, criados ou inspirados na imaginação e no legado de Walt Disney, incluindo: “BRANCA DE NEVE E OS SETE ANÕES”, “A BELA E A FERA”, “PINÓQUIO”, “BAMBI”, “O REI LEÃO”, “A DAMA E O VAGABUNDO”, “PETER PAN”, “A PEQUENA SEREIA”, “CINDERELA” e mais.
  • Os mais recentes sucessos da Disney em live-action, taiscomo: “ALADDIN”, “MOGLI – O MENINO LOBO”, “O REI LEÃO”, “A BELA E A FERA”, “CINDERELA”, entre outros.
  • Filmes produzidos pela Marvel Studios e distribuídos pela Walt Disney Studios que fazem parte do MCU (Universo Cinematográfico da Marvel) de “HOMEM DE FERRO” a “VINGADORES: ULTIMATO”.
  • A saga completa de STAR WARS, desde a estreia em 1977 até o ápice em 2019, além de títulos lançados no cinema que ampliam esse universo como “ROGUE ONE: UMA HISTÓRIA STAR WARS” e HAN SOLO: UMA HISTÓRIA STAR WARS”.
  • A coleção completa dos filmes inovadores favoritos dos fãs da Pixar Animation Studios, como “TOY STORY”, “DIVERTIDA MENTE”, “VIVA: A VIDA É UMA FESTA”, “WALL·E”, “UP – ALTAS AVENTURAS”, “MONSTROS S.A.”, “PROCURANDO NEMO”, “OS INCRÍVEIS” e VALENTE”, assim como todos os curtas inesquecíveis da Pixar, entre eles Bao” e “Os Heróis de Sanjay”, vencedores do Oscar®.
  • O repertório completo de episódios de séries de sucesso com produção local da Disney que será gradualmente incorporado ao Disney+ para que um novo público descubra histórias como “Violetta”, “Sou Luna”, “BIA”, “O11ZE”, “Juacas”, “Peter Punk”, “Jungle Nest”, “Highway Rodando a Aventura”, “Quando Toca o Sino” “Art Attack” e crianças em idade pré-escolar poderão aprender e se divertir com “Nivis: Amigos de outro mundo”, “Junior Express”, “A Floricultura da Nana”, “A Casa do Disney Junior”, “Morko e Mali”, “O Jardim da Clarilu”, “Playground” e “Playhouse Disney”.
  •  As séries preferidas do Disney Channel como “Hannah Montana”, “Zack & Cody: Gêmeos em Ação”, “Kim Possible”, “A Casa do Mickey Mouse”, “PJ Masks – Heróis de Pijama” e “Jake e Os Piratas da Terra do Nunca” além dos filmes originais do Disney Channel favoritos de uma geração, incluindo: “High School Musical”“Camp Rock” e “Descendentes“.
  • Aventuras incríveis do National Geographic, incluindo: a série documental “One Strange Rock” (apresentada por Will Smith); a série documental Origens: A Evolução Humana”, que conta com o famoso anfitrião Jason Silva; “Jane Goodall: The Hope”, o documentário que marca os 60 anos de sua chegada à Tanzânia para estudar o reino dos chimpanzés; “Before the Flood”, protagonizado por Leonardo Di Caprio; “Free Solo”, o documentário vencedor do Oscar® na categoria “Melhor Documentário”; e programas produzidos na América Latina como “Ciência do Absurdo”.
  • Algumas das séries de televisão da Marvel desde 1979 até os dias de hoje, incluindo X-Men”, “Homem-Aranha” e “Marvel’s Runaways”.

SOBRE O DISNEY+

Disney+ é o serviço de streaming de filmes, séries e outros conteúdos de Disney, Pixar, Marvel, Star Wars, National Geographic e mais. Como parte do segmento Direct-to-Consumer and International (DTCI) da Disney, o Disney+ está disponível para dispositivos conectados à internet e oferece ao público em geral programas sem comerciais com uma variedade de filmes, documentários, séries animadas e live-action, e curtas-metragens originais. Proporcionando acesso sem precedentes à incrível coleção de entretenimento do cinema e televisão da Disney, também é a plataforma de streaming para assistir com exclusividade aos últimos lançamentos do cinema da The Walt Disney Studios. Visite DisneyPlus.com para obter mais informações sobre o serviço.

Fabio Martins on InstagramFabio Martins on Twitter
Fabio Martins
Santista de nascimento, flamenguista de coração e paulistano por opção. Fã de cinema, música, HQ, games e cultura pop.